quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Agentes de saúde do RN buscam apoio do presidente da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, reafirmou em assembleia do sindicato dos agentes de saúde do Rio Grande do Norte, que a votação do projeto que regulamenta o piso salarial da categoria estará na pauta da sessão do dia 3 de setembro.

O deputado assinalou ter optado por essa data após ter ouvido do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a informação de que um piso de R$ 950,00 não representaria nenhuma ampliação no que já é repassado mensalmente aos municípios pelo SUS. "Além disso, oferecemos um tempo maior para a reflexão do Executivo, inclusive no âmbito municipal, sobre o importante trabalho desempenhado nos serviços de saúde pelos agentes comunitários".

Henrique Alves reforçou a importância do trabalho do agente de saúde: "É o servidor encarregado de levar à casa de cada um dos que mais precisam, com a sua presença, a ação do governo nos cuidados com a saúde da nossa população. É um trabalho que, muitas vezes, exige sacrifício, atenção, boa vontade e, para isso, sem dúvida, quem o exerce precisa de uma remuneração melhor".

Segundo o presidente do Sindicato, Cosmo Mariz, antes mesmo da aprovação do projeto, vários municípios se anteciparam e estão pagando o piso de R$ 950,00, aproveitando o que é repassado pelo SUS, recaindo sobre as prefeituras a responsabilidade pelo pagamento das obrigações sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário