quinta-feira, 9 de maio de 2013

Deputado defende uma série de programas e projetos para melhorar segurança pública em Macaíba

O deputado Ezequiel Ferreira está preocupado com os índices de violência em Macaíba, quinto maior município do Rio Grande do Norte. “Índices divulgados já somam mais de 30 homicídios, somente este ano em Macaíba. Onda de assaltos pela manhã, tarde e noite, além do aumento de violência também na Zona Rural, que tem hoje cerca de 27 mil habitantes”, frisou Ezequiel.

Na Assembleia Legislativa, Ezequiel pediu o aumento do efetivo policial, novas viaturas e pelo menos, mais duas motocicletas, para cobrir a Zona Rural. “As estatísticas revelam um aumento muito alto de todas as práticas criminosas em Macaíba. Lá hoje tem um efetivo de 70 homens, em escala de 15, para garantir a segurança de 70 mil habitantes. Macaíba aparece todos os dias nas folhas policiais”, lamentou o deputado.

Ezequiel solicitou ainda a implantação do Programa “Ronda Escolar”, que atua nas proximidades das escolas estaduais, para prevenir ações criminosas contra crianças e adolescentes. “A droga é um dos principais causadores de toda essa violência em Macaíba. Sei que o Governo assinou o Termo de Adesão ao Programa Federal Crack, é possível vencer, mas só inclui as cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim. Macaíba é hoje uma das cidades mais violentas do Estado e precisa também ser incluída o mais rápido possível”, afirmou.

Como forma de capacitar os agentes de segurança em planejamento e elaboração de projetos, com foco na ampliação e melhorias dos serviços oferecidos, Ezequiel sugeriu a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, que realize o seminário “Segurança Pública Participativa”, que aconteceu recentemente em Mossoró. “Precisamos também capacitar os agentes, para que com planejamento, consigam resolver de uma vez por todas a insegurança que foi instalada em Macaíba”, argumentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário