domingo, 7 de outubro de 2012

SP tem empate triplo na véspera da eleição

Os três principais candidatos à Prefeitura de São Paulo aparecem empatados na última pesquisa Ibope/TV Globo/Estado, feita entre quinta-feira, 4, e este sábado, 6. Celso Russomanno (PRB), José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) teriam, cada um, 22% em votos totais. Se a eleição fosse hoje, os três candidatos teriam 26% em votos válidos. Gabriel Chalita (PMDB), em quarto lugar, teria 11% em votos totais e 13% dos votos válidos.

Nas simulações de segundo turno, Russomanno venceria todos os adversários. O placar seria de 38% a 33% contra Haddad e 43% a 32% contra Serra. Se o petista e o tucano fossem para o confronto final, Haddad venceria por 40% a 33%.

A campanha termina com Serra na liderança no quesito rejeição. Do total de entrevistados, 39% afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. No caso de Russomanno e Haddad, o índice é de 22%.

A pesquisa foi registrada sob o protocolo SP-01824/2012. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. Foram ouvidos 1.204 eleitores.

Datafolha. Segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 6, José Serra (PSDB) marcou 28% da intenção de votos, Celso Russomanno (PRB) 27% e Fernando Haddad (PT) 24%.

De acordo com o levantamento, o candidato do PMDB Gabriel Chalita obteve 13% das intenções. Soninha (PPS) aparece com 5%, e Carlos Giannazzi (PSOL), Paulinho da Força (PDT), Ana Luiza (PCO) e Levy Fidelix (PRTB) marcaram 1%. Os demais candidatos não tiveram pontuação.

Nas simulações de segundo turno, Russomanno venceria José Serra por 44% a 37%. Contra o candidato do PT, Fernando Haddad, Russomanno aparece empatado tecnicamente, com vantagem para o petista de 40% a 39%. Num cenário entre Haddad e Serra, o candidato petista tem 45% contra 39% do tucano. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos porcentuais para baixo ou para cima.

Rejeição. O candidato tucano marca a maior rejeição entre os candidatos, aponta o Datafolha. Ele aparece com 42% no índice, contra 30% de Russomanno e 25% de Haddad.

O levantamento do Datafolha entrevistou 3.959 pessoas entre sexta-feira, 5, e sábado, 6. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número SP-01778/2012. (O Estado de S. Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário